Saiu!

Destacado

Para quem acompanhou no blog minhas crônicas de viagem e os capítulos do livro que adiantei em vários posts, aí está: acabo de parir o rebento, que se põe a chorar e a clamar por leitores como você.

O livro sai por meio do KDP, a ferramenta de autoedição da Amazon, disponível por enquanto apenas para os Kindles da marca.

Turismo cultural e literário na Europa – 65 Destinos: Propostas, Relatos e Diários de Viagem, o nome do livro, do meu livro de viagem, uma razão de ser deste blog.

Clique na imagem acima para chegar à página da Amazon, ou aqui, para ler uma apresentação.

Como sabe quem lê nessas caixinhas, o interessado pode baixar uma amostra grátis das obras em formato eletrônico, antes de se decidir pela compra.

Esta edição reúne minhas pesquisas, anotações, leituras e reflexões sobre o que chamo, humilde e modestamente, a arte da viagem, de 2005 a 2019.

Os textos mais recentes são crônicas de Copenhague, Berlim e Trieste, que adiantei aqui e depois atualizei e ampliei para entrar no livro.

Abaixo, compilo os destinos que surgem ao longo do trabalho em crônicas, ideias, diários e até poemas!

Predominam, como se pode ver, trajetos pela Espanha, Itália e Portugal. Mas as referências literárias, artísticas e históricas se espalham pelo continente.

Segura as pontas! 2020 vem aí.

O blog deseja aos caros leitores um feliz ano novo. Vamos lá!, audaciosamente. Onde ninguém jamais esteve!, como a USS Enterprise do capitão James T. Kirk e do Sr. Spock.

Chegou Jurupoca #08

Opa. Como assinar, gratuitamente?

É só clicar aqui, botar seu e-mail e depois confirmar.

As cartas já enviadas estão disponíveis neste link.

Jurupoca está no ar. Assine-a

A newsletter é sucedânea deste jornal, por enquanto.

Na carta quinzenal, compartilho com os leitores, por e-mail, o ofício de um editor de cultura na diáspora das redações, comentando o que leio, ouço e vejo de bom e considero importante.

Ah, tem também alguma lenga-lenga sobre a desordem do mundo.

Assine a carta com um clique aqui — informe seu endereço eletrônico, depois confirme a assinatura em sua caixa postal. É grátis.

Juripoquemos!

Para ler os números já publicados vá por aqui.

Grogotó

Daqui a pouco virão o sol, as uvas e o vinho.
Nem é preciso crer nisso.
Nem é preciso crer na sede e na alegria.
Não é preciso crer.
Exceto se a dúvida te divide.

Aí grogotó: pobre de ti,
Quando precisas crer,
Quando queres crer,
Já não podes,
Não podes descrer.

Novos #NãoTemRegistro

Novos poemetos da série para o Instagram @asiuves, inspirados em Augusto dos Anjos*, este poeta que deveria estar nascendo hoje.

(*) “Eu, filho do carbono e do amoníaco,/ Monstro de escuridão e rutilância,/ Sofro, desde a epigênesis da infância, / A influência má dos signos do zodíaco.”Primeiros versos do soneto de Augusto dos Anjos “Psicologia de um Vencido”