Curto

Hesito em associar ou não o poema ao vídeo da música que o inspirou, além das árvores e da Praça do Sol. Mas, diabos, penso, de que serve o negócio virtual. Não publico em papel. Nem idade tenho pra autofinanciar livretos de poemeus.

Cidinha

Alguns versos de um poema na sua hora. Nasceu num setembro, de sensações há muito grávidas: “Mãezinha memoriosa e retorcida, guardai-nos/ Das dores do acaso, do ocaso e dos rasos onde/ Nadamos, transitórios, entre uma noite e outra./ Estrelas do oratório no fundo azul-Giotto/ Clareai o breu no meu coração. Oremos.”

JU_109 | Queimão da Amazônia na Amazon

Potências ocidentais cobiçam our Amazon, notre y unsere Amazone? Que aproveitem o maior queimão da Terra, só neste Prime Day. Não têm que pagar nada, ô potências ocidentais, e ainda levam um toco, leia-se troco de um Bol$onaro, dobrão de ouro forjado no mais legítimo garimpo ilegal. É arrematar e arremeter. Frete grátis na Amazon. Afinal de que serve o foguete do Musk Amigão? Bolsonaro pro espaço! for good e pra já!