Tag: Caetano Veloso

JU_106 | Um samba da sinestesia, que tal?

Venho de viagem amiga à irmã em Itaipava. Volto tingido do verde e do gris reluzente dos gigantes pétreos da serra do mar, do violáceo e branco dum manacá resiliente e do rosado estradeiro do capim-meloso. Ouço ao chegar um samba elegante e furta-cor do Chico terçado ton sur ton com o bandolim do Hamilton de Holanda. No laranja-fogo da tarde de terça baixo à estação de mim, enfim. Penso que quase somos — tem hora e cor — seres-estrelas. Não? Seres-pirilampos? Não? Buracos negros a guardar tudo que é onda e luz? Se pá?

JU_95 | Chico & Caetano não se entregam não

“Superaremos cãibras, furúnculos, ínguas/ Com Naras, Bethânias e Elis”, diz o canto redentor de Meu coco, canção-tema do novo álbum de Caetano Veloso. “Eu não me entrego não”, ele declara numa entrevista, ao comentar a ordem totalizante de mídias sociais regidas por algoritmos definidos por anjos tronchos mi, bi e trilionários; Chico Buarque também não se entrega como artista não! É capaz de se renovar musicalmente e aprofundar sua literatura, como está claro em seu primeiro e excepcional livros e contos.